Biombo Escuro

Biombo Notícias

"Roma, Cidade Aberta" chega ao Belas artes à la Carte

por Ana Poquechoque

27/04/2022

O Belas Artes À La Carte adiciona ao seu catálogo no mês de maio o filme Roma, Cidade Aberta (1945), dirigido por Roberto Rossellini. A obra italiana, que se passa entre os anos de 1943 e 1944, apresenta a cidade de Roma ocupada pelos nazistas enquanto comunistas e católicos se juntam para combater as tropas fascistas. Vencedor do Grande Prêmio do Júri no Festival de Cannes 1946, o longa foi responsável pela popularidade internacional do neorrealismo italiano.

O filme estrelado por Anna Magnani possui uma abordagem realística com destaques nas questões sociais dos moradores da capital, que foi declarada aberta para evitar bombardeios aéreos. Tal narrativa exemplifica os conceitos que o neorrealismo pretendia apresentar ao público. O movimento foi caracterizado por mostrar a realidade pós segunda guerra na Itália, de forma a ir na direção contrária aos filmes hollywoodianos.  

Para seguir com os "Super Lançamentos", o streaming disponibiliza o documentário Ucrânia: a guerra que não termina (2022), dirigido por Reece Lynch que, durante um ano, documenta a realidade da linha de frente ucraniana. O público se depara com uma guerra que dura desde 2014, repleta de combates, eventos militares, perdas e derrotas e com a história pessoal de Donbas. Além de acompanhar a transição de um país jovem para um mundo irrecuperável.

Para completar a lista dos diferenciais que o Belas Artes À La Carte possui, estreia no dia 19 o Festival Volta ao Mundo Japão, que dura até primeiro de junho. Para ficar por dentro do mundo cinematográfico e não perder os lançamentos inéditos da plataforma é só se cadastrar no site www.belasartesalacarte.com.brO valor mensal da assinatura é R$9,90 e o anual R$108,90. O catálogo já conta com mais de 400 títulos e inclui filmes de todos os cantos do mundo e de todas as épocas.

Ana Poquechoque

Redatora

Ana Poquechoque é estudante de Jornalismo na PUC-Rio. Seus interesses pessoais são jornalismo cultural, literatura brasileira e comunicação audiovisual.